Terça, 27 de Fevereiro de 2024 23:38
35 4239-0090
Saúde Saúde

Governador acompanha obra de UBS retomada após dez anos, na Zona da Mata

Vistoria à Unidade Básica de Saúde de Coimbra faz parte de série de agendas realizadas pelo chefe do Executivo na região

22/01/2024 14h40
7
Por: Redação Fonte: Secom Minas Gerais
Gil Leonardi / Imprensa MG
Gil Leonardi / Imprensa MG
Gil Leonardi / Imprensa MG
Gil Leonardi / Imprensa MG

O governador Romeu Zema vistoriou, na manhã desta segunda-feira (22/1), a obra de construção da Unidade Básica de Saúde (UBS) da comunidade de Estiva, localizada no município de Coimbra, na Zona da Mata mineira. A UBS, que ficou com intervenções paralisadas por dez anos, foi retomada nesta gestão, com previsão de conclusão para o primeiro trimestre de 2024. A expectativa é a de que a unidade - que tem Equipe de Saúde da Família - leve atendimentos de saúde a 4 mil pessoas da região, entre consultas médicas, tratamento odontológico, ações de promoção e recuperação à saúde, vacinação, serviço de curativo e acompanhamento pré-natal. 

O governador conheceu o espaço e as instalações e destacou a importância do serviço para aproximar os mineiros do acesso à saúde de qualidade e o fortalecimento da rede pública de atendimento nas cidades do interior. 

“Quando uma UBS passa a funcionar numa comunidade, muda por completo a vida das pessoas daquela localidade, porque elas não vão mais precisar se deslocar até a cidade pra fazer uma consulta, pegar um medicamento ou ter assistência médica. Esse investimento é um avanço muito importante e faz parte da estratégia do nosso governo de descentralizar a saúde para o interior do estado”, explicou.

O investimento direcionado à construção da Unidade Básica de Saúde é de R$ 1,6 milhão.  

Saúde na porta de casa

A conclusão da obra é festejada pelos moradores da comunidade, que vivem na expectativa há anos.  Atualmente, para conseguir atendimento médico, as famílias, formadas por muitas crianças e idosos, precisam  recorrer ao centro de saúde localizado do outro lado da cidade.

É o caso de Eliangêla do Carmo, dona de casa e mãe de quatro filhos, que vive na comunidade há 14 anos anos, na casa em frente à nova UBS. Ela conta que, para utilizar algum serviço de saúde, hoje, acaba tendo que pedir ajuda. 

“São muitos anos esperando a conclusão deste centro de saúde que será muito importante pra gente. Aqui na comunidade tem muitas crianças e idosos. Eu mesma, quando preciso de levar meus filhos ao médico, sou obrigada a pedir carona aos vizinhos ou tenho que percorrer 20 minutos de bicicleta para chegar ao posto de saúde mais próximo”, disse.


Gil Leonardi / Imprensa MG

Obras retomadas

A obra da UBS da comunidade de Estiva integra lista de centenas de centros de saúde que foram priorizados na atual gestão estadual. Por todo o território mineiro, o Governo de Minas está dando andamento a intervenções de unidades abandonadas por governos anteriores. 

Com a conclusão destes equipamentos de saúde, o Executivo estadual se esforça para oferecer atendimento médico adequado a todos os mineiros.

“A conclusão desta obra é muito importante para a nossa cidade. Foram anos tentando tirando tirá-la do papel e, só agora, com o apoio do Governo Zema, conseguiremos terminá-la - e em menos de um ano”, destacou o prefeito de Coimbra, Maurílio Dias Massensini.

Ervália

O governador também esteve em Ervália, cidade em que se encontrou com autoridades locais e vistoriou obra de calçamento executada pelo município com recursos de linhas de crédito do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG)

Outras intervenções estão sendo realizadas na cidade com mais de R$ 2 milhões de recursos aplicados diretamente pelo Governo de Minas, por meio de convênios.

“É muito bom ver a cidade de Ervália em desenvolvimento. A cidade está crescendo e tem todo o apoio do Estado, que viabilizou toda a parte ambiental, da licença, e também da questão do empréstimo para que pudessem realizar esta obra”, disse o governador.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.